imagem decorativa

Requalificação tecnológica e de infraestrutura do Estúdio FCCN vai permitir “servir melhor a comunidade RCTS”, destaca o gestor do serviço Multimédia, Nelson Schäller. Saiba quais são as melhorias implementadas.  

2022 trouxe consigo novidades para o Estúdio FCCN. Foram realizadas obras de requalificação nesta estrutura que a Unidade FCCN disponibiliza à sua comunidade, sendo que as melhorias implementadas dizem respeito tanto à infraestrutura como à tecnologia utilizada. 

Do ponto de vista da infraestrutura, uma das principais novidades prende-se com a criação de uma cabine de locução com tratamento acústico que permitirá a gravação de locuções num espaço controlado com qualidade profissional. Por outro lado, serão criados novos espaços como uma sala de espera e demonstrações tecnológicas, um camarim, uma sala técnica e uma sala de arrumos.

A requalificação do Estúdio FCCN tem também como objetivo implementar um upgrade tecnológico, com a atualização do sistema de realização tricaster, permitindo a realização e cenografia virtual 4K em tempo real. Por outro lado, o Estúdio FCCN passará a utilizar a tecnologia NDI (Network Device Interface) que permite a transmissão de vídeo sobre IP. Esta possibilidade traz consigo várias vantagens, explica Nelson Schäller, “nomeadamente a possível interoperabilidade na produção de conteúdos com estúdios dispersos geograficamente, numa interação em tempo real”.  

De acordo com Nelson Schäller, este é o upgrade mais relevante realizado no Estúdio FCCN desde o seu nascimento, em 2009. Através desta requalificação será possível, revela, “melhorar as condições do espaço e realizar um upgrade tecnológico para melhor servir toda a comunidade RCTS”.

“Esta é uma evolução tecnológica natural que potenciará a produção de conteúdos educativos de melhor qualidade e facilitará no futuro, a comunicação a distância desta infraestrutura com todas as instituições da nossa rede”, acrescenta Nelson Schäller, antes de concluir: “É um marco na evolução tecnológica do Estúdio FCCN”.

Outros artigos relacionados