imagem decorativa

Conheça os projetos e serviços disponibilizados pela Unidade FCCN a professores e estudantes do Ensino Superior. Realizar reuniões e aulas à distância, partilhar recursos e conteúdos educativos ou enviar ficheiros de grandes dimensões são apenas alguns dos exemplos.

O facto das instituições de ensino superior e investigação fazerem parte da rede RCTS permite-lhes aceder ilimitadamente a serviços que vão desde a conectividade de alto débito a serviços de colaboração e tantos outros, que têm como objetivo melhorar a vida desta comunidade. Deste modo, a Unidade FCCN da FCT (Fundação da Ciência e a Tecnologia),  liga mais de seiscentos mil alunos, investigadores e funcionários, que diariamente contam com a rede nacional de educação.

9 serviços para a comunidade de Ensino Superior

#1 eduroam. Ligue-se ao mundo

Disponível em mais de 100 países, o serviço eduroam tornou-se uma presença habitual nos campi de instituições de ensino superior. Em Portugal – que foi um dos países fundadores deste serviço – existem 76 instituições ligadas ao eduroam que, assim, disponibilizam acesso seguro à Internet às suas comunidades.

Este serviço é gerido em Portugal pela Unidade FCCN da FCT, que garante a todos os membros da comunidade académica uma credencial de acesso válida em qualquer ponto de acesso desta rede mundial. Por essa razão, com o mesmo login, é possível ter acesso à Internet em vários locais do país e do mundo.

Um dos passos pensados para o futuro deste serviço em Portugal está relacionado com a disponibilização de acesso à Internet em espaços fora do mundo académico, em especial que sejam visitados diariamente pelos utilizadores,

#2 Filesender. Envie grandes ficheiros em segurança

Ideal para quem necessita de enviar e partilhar grandes ficheiros, o Filesender é outro dos serviços da Unidade FCCN com mais-valias para a comunidade académica e de investigação.

Através desta aplicação web, é possível a utilizadores autenticados (através do serviço RCTSaai) enviar e armazenar temporariamente ficheiros de elevada dimensão, cujos dados ficam alojados em Portugal.

O limite máximo de envio é 100 Gb, o que faz com que esta seja uma solução muito útil para as situações em que o ficheiro que se quer enviar é demasiado grande para ser enviado por e-mail. Existe ainda a vantagem de poder ser enviado para vários destinatários simultaneamente (até um limite de 100), a partir de um mesmo upload. Os ficheiros ficam disponíveis durante 30 dias.

Ao longo dos últimos anos, o aumento da utilização deste serviço tem levado ao reforço do software e hardware que estão na sua base.

https://filesender.fccn.pt/

#3 Educast. Partilhe os seus trabalhos

Para todos os estudantes e professores que pretendam registar, partilhar ou divulgar o seu trabalho académico em formato vídeo, o Educast é a ferramenta ideal. Através desta plataforma é possível, de forma simples, gravar, editar e publicar conteúdos como trabalhos, aulas ou apresentações. Para tal, apenas é necessário um computador pessoal e a plataforma de gravação e edição disponibilizada online.

Em 2021, o Educast apresenta várias novidades, depois do lançamento de um novo editor HTML5, no final do ano passado. Para além de várias melhorias na acessibilidade e usabilidade, é agora possível enriquecer os metadados dos conteúdos e criar descrições editáveis, por exemplo. Em breve, será ainda lançada uma nova landing page do serviço, onde o principal foco estará na pesquisa de conteúdos na plataforma.

Em 2021, o Educast regista cerca de 7.580 vídeos educativos publicados, num total de 446.394 minutos produzidos. Em comparação com 2020, regista-se um crescimento da sua utilização com 9.312 novos utilizadores e 725 novos canais criados por estes.

https://educast.fccn.pt/

#4 b-on e #5 RCAAP. Encontre informação

O que fazer na altura de complementar uma bibliografia? Dois dos serviços FCCN são dos principais aliados de professores, estudantes ou investigadores nesta tarefa: a Biblioteca do Conhecimento Online (b-on) e o RCAAP (Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal).

A b-on oferece acesso ilimitado e permanente a milhares de periódicos e e-books publicados em algumas das principais editoras internacionais. Estes conteúdos científicos dizem respeito a várias áreas disciplinares que vão desde as Ciências Sociais e Humanidades até às áreas de Ciências, Tecnologia e Medicina. Ao agregar a procura das instituições numa negociação centralizada, a b-on permite que os seus membros tenham acesso a um conjunto muito mais completo de conteúdos – algo que, de forma individual, não seria economicamente viável.

Já o RCAAP coloca à disposição do utilizador uma plataforma de armazenamento, preservação e promoção do acesso aberto ao conhecimento científico produzido em Portugal. Assume-se como um ponto único de pesquisa, descoberta, localização e acesso a milhares de documentos de caráter científico e académico, nomeadamente artigos de revistas científicas, comunicações a conferências, teses e dissertações, distribuídos pelos repositórios que integram a rede, quer nacionais, quer brasileiros.

https://www.b-on.pt/

https://www.rcaap.pt/

#6 Colibri. Comunique à distância

O efeito da pandemia da Covid-19 levou a que o Colibri se tornasse crucial para substituir as aulas presenciais. Isto porque este serviço de colaboração Web permite realizar aulas e reuniões à distância num ambiente seguro. Com capacidade para realizar sessões de videoconferência até 300 participantes (com partilha de áudio, vídeo, texto, imagens, ecrã e quadro branco), o Colibri viu a sua utilização subir muito significativamente em 2020 e 2021.

Ao longo dos últimos meses, o Colibri tem vindo a melhorar a integração do serviço com outras plataformas de suporte ao ensino a distância. Para além da integração com o Moodle, tornou-se possível recentemente abrir aplicações colaborativas numa sessão, de forma segura, sem necessidade de partilhar uma página, aplicação ou site externo.

De forma a apoiar a comunidade na utilização desta nova funcionalidade, foi criada uma página dedicada no site de ajuda do Colibri que contém as principais aplicações recomendadas. Destaque para o facto do acesso direto à API Zoom continuar a ser restrito à Unidade FCCN, por questões de segurança, sendo que todas as aplicações não testadas terão de passar sempre pelo fluxo de testes e aprovação da gestão do serviço.

http://colibri.fccn.pt/

#7 Arquivo.pt. Viaje no passado

Graças ao Arquivo.pt, é possível encontrar informação publicada online desde a década de 90, através de uma forma simples e intuitiva de pesquisar e consultar páginas web do passado. Esta informação poderá ser relevante para trabalhos académicos e investigações científicas, por exemplo, ou para a utilização em contexto de sala de aula, com a eventual criação de estudos de caso em áreas como o Design, as Ciências Sociais ou Tecnologias da Informação.

Ao longo dos últimos anos, o serviço tem incluído novas funcionalidades, sendo hoje possível, por exemplo, pesquisar imagens do passado. Em 2021, 1.8 milhões de imagens do passado da Web passaram a estar pesquisáveis no Arquivo.pt, depois de serem processadas mais de 8 mil milhões de páginas, num total de 520TB de dados arquivados, correspondentes ao período temporal de 1992 a 2019.

Outra das iniciativas deste serviço com especial interesse para a comunidade académica é o Prémio Arquivo.pt – uma iniciativa anual que distingue anualmente trabalhos inovadores realizados com base na informação histórica preservada. Os trabalhos podem incidir sobre temas de qualquer área (ex. Educação, História, Sociologia, Comunicação, Saúde, Informática).

https://arquivo.pt/

#8 NAU. Aposte na formação

Frequentar o ensino superior – seja como estudante ou docente – pressupõe uma postura ativa na aprendizagem, complementando com regularidade os conhecimentos adquiridos. É neste ponto que a Plataforma NAU se assume como uma mais-valia para todos os membros da comunidade académica, ao disponibilizar cursos online gratuitos (MOOC’s) em áreas diversificadas que vão da Saúde ao Cyberbulling, Proteção de Dados Pessoais ou Educação.

Em abril de 2021, este serviço da Unidade FCCN celebrou dois anos de existência, um percurso que foi marcado pelo crescimento muito significativo de utilizadores registados. Também o número de entidades ligadas tem vindo a aumentar, crescendo 130% no mesmo período. Destaque para o facto de uma parte significativa das entidades aderentes serem instituições de ensino superior, o que evidencia a ligação deste serviço à comunidade académica, com a possibilidade de realizar formações à medida das necessidades.

#9 Estúdio. Crie conteúdos de topo

O Estúdio FCCN disponibiliza equipamento profissional para a produção de conteúdos audiovisuais a toda a comunidade educativa do Ensino Superior. Para tal, conta com equipamentos de alta definição para a captura de áudio e de vídeo como câmaras de vídeo profissionais (4K), Teleponto, Iluminação ou Chroma Key, para além de apoio técnico especializado.

Através desta estrutura, estudantes poderão criar vídeos para complementar o seu projeto académico, enquanto docentes e investigadores têm a possibilidade de produzir peças para divulgação do seu projeto científico, por exemplo. A transmissão de Webinars (em direto ou diferido) ou a criação de aulas digitais são outras das possibilidades possibilitadas aos docentes do Ensino Superior.

A utilização do estúdio FCCN está sujeita a reserva. Para consultar o calendário e fazer um pedido de utilização visite: https://www.fccn.pt/colaboracao/estudio/.

O que é a Rede Ciência, Tecnologia e Sociedade (RCTS)?

Uma das missões da Unidade FCCN passa por disponibilizar serviços de conectividade destinados aos protagonistas do Ensino Superior: professores, estudantes, investigadores e técnicos superiores. Como tal, a Unidade FCCN da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, dinamiza a rede académica e científica nacional, a que aderem mais de 80 instituições de ensino superior (pode consultar a lista completa aqui). Os membros das instituições aderentes, podem, através da credenciação federada, ter acesso às diversas ferramentas disponibilizadas.  Para saber mais, visite o site da FCCN.

A Rede Ciência, Tecnologia e Sociedade (RCTS) é a infraestrutura digital de Conectividade e Computação, direcionada para a comunidade de Investigação e Ensino. Com ela asseguramos a Comunicação, a Colaboração e o desenvolvimento de novo Conhecimento Científico.

Últimos artigos