A Ciência foi contemplada na atualização do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), com um investimento de 93 milhões de euros. Visa-se o reforço e a criação de iniciativas e programas a implementar pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), nomeadamente através da FCCN, até junho de 2026.  

O “Ciência + Digital” e “Ciência + Capacitação” integram este esforço. Conheça os principais objetivos destes projetos.  

Programa “Ciência + Digital”

Este programa dispõe de 48 milhões de euros para acelerar o processo de transformação digital da Ciência e dos serviços de suporte ao Sistema Científico e Tecnológico Nacional (SCTN). Tem como objetivo promover uma maior competitividade na economia, sociedade, administração pública e tecido empresarial. 

No âmbito da Medida 5 – Ciência + Digital, encontram-se abrangidos os seguintes serviços e programas que a FCT disponibiliza: 

  • A criação de um Campus de Ciência e tecnologia, aberto à sociedade e orientado para o futuro, incluindo um Balcão de Ciência (físico e online), onde se pretende disponibilizar, num único local, os principais serviços e mecanismos de financiamento aos investigadores, entidades de I&D e do Ensino Superior. 
  • A criação do Centro Nacional de Computação Avançada (CNCA), através da reorganização, numa única entidade, dos centros e redes de computação avançada existentes no país. Este pilar vem apoiar o funcionamento dos dois supercomputadores – Deucalion e Mare Nostrum 5 -, e a conclusão da infraestrutura de apoio e do centro de dados do CNCA. 
  • A conclusão de 94 projetos financiados no âmbito do Programa de Projetos de I&D de Inteligência Artificial e Ciência de Dados na Administração Pública. 
  • A disponibilização de 50 novos cursos oferecidos através da plataforma nacional de cursos massivos online (NAU), desenvolvida pela FCCN, beneficiando de uma infraestrutura tecnológica recém-desenvolvida. 
  • A implementação do programa nacional de ciência aberta e dados abertos de investigação (PNCADAI), permitindo disponibilizar uma rede de infraestruturas, serviços e ferramentas de suporte à ciência aberta e, em particular, à gestão de dados de investigação FAIR. 

Programa “Ciência + Capacitação”

Dispondo de 45 milhões de euros, o programa visa promover o desenvolvimento do ecossistema de inovação e empreendedorismo das instituições de ensino superior (IES). Com este valor prevê-se o apoio à investigação fundamental, promovendo a transferência de conhecimento, reduzindo a precariedade dos investigadores e reforçando a ligação entre as empresas e a sociedade. 

Em relação à Medida 6 – “Ciência + Capacitação”, encontram-se abrangidos os seguintes Concursos, Programas e Parcerias da FCT: 

  • Programas de Atração e Retenção de Talentos “ERC-Portugal” e “FCT-Tenure”. O ERC-Portugal é o programa de apoio, retenção e atração de investigadores cujas candidaturas ERC foram recomendadas para financiamento ou passaram à segunda fase de avaliação, acabando, no entanto, por não ser financiadas. Já o FCT-Tenure é o programa que visa promover o desenvolvimento de atividades de I&D com a contratação de 230 investigadores doutorados para posições permanentes e contribuir para a redução da precariedade no emprego científico nacional. 
  • Reforço das Parcerias Internacionais em Ciência, Tecnologia e Inovação, com a assinatura de seis parcerias internacionais, incluindo parcerias europeias e bilaterais. 
    Também está contemplado o programa de apoio a financiamento de projetos, alianças e infraestruturas com participação nacional selecionados a nível europeu, nomeadamente, no âmbito do Horizonte Europa e Programa Europa Digital. 
    Por fim, surge o Programa de Mobilidade internacional de investigadores, através de um novo programa criado pela FCT. 

Mais informação sobre este programas podem ser consultadas em www.recuperarportugal.gov.pt 

BARRA LOGOS COR FCCN Unidade de Computação

Outros artigos relacionados