Go to main content
 

Cinco conselhos de cibersegurança do RCTS Cert

Cinco conselhos de cibersegurança do RCTS Cert

Os serviços de resposta a incidentes de segurança informática da Unidade FCCN da Fundação para a Ciência e a tecnologia partilham cinco máximas essenciais que devem ser seguidas por todos os utilizadores.

 

Que passos podem ser dados por todos os utilizadores para garantir uma navegação segura? Os serviços responsáveis pela segurança da Rede Académica Nacional apontam cinco regras básicas a cumprir.  Atualizar, duvidar e consultar serão ações importantes neste percurso.

 

#1 Atualize o software
As atualizações de software poderão parecer secundárias, uma vez que versões não-atualizadas não comprometem o funcionamento, na maioria dos casos. Por essa razão, a tentação de adiar poderá existir. Contudo, as atualizações incluem, muitas vezes, resoluções para ameaças de segurança previamente não-diagnosticadas ou recentes. Assim, deverá manter sempre todo o software atuailzado, em especial o seu sistema operativo e navegador/browser.

#2 Mantenha o anti-vírus funcional e actualizado
Embora não seja uma solução para todos os tipos de problemas, o seu anti-vírus pode impedir a infecção do dispositivo, se reconhecer um padrão num ficheiro que tenha sido descarregado. O anti-virus detetará com maior facilidade ameaças que conheça. Por essa razão, deverá manter sempre o seu anti-vírus atualizado, garantido o seu funcionamento.

#3 Duvide de ofertas excepcionais
O automatismo da ação “clicar para saber mais” é, por vezes, explorado por parte de quem pretende criar uma ação fraudulenta. Para tal, são disseminadas mensagens que procuram captar a atenção de quem lê e levar à criação de uma brecha de segurança. Por vezes, a única razão para a existência dessas ofertas é abrir uma janela para infectar o seu dispositivo e passar a controlá-lo. Na dúvida, não clique.

#4 Não repita palavras-passe
Repetir passwords poderá ser uma tentação: afinal de contas, simplifica o processo de memorização das mesmas. Contudo, a mesma palavra-passe não deve ser usada em vários websites. Se houver uma exposição, todos os sítios onde a usa ficarão comprometidos. Para robustecer a sua segurança, utilize a autenticação de duplo-factor (por APP ou SMS) sempre que possível.

#5 Consulte outras fontes
Quando em dúvida sobre um website ou algo que leu na Internet, fale com outras pessoas. Por outro lado, se encontrar um website ou ficheiro duvidoso, poderá testá-los em plataformas como www.virustotal.com. Ainda que a resposta não seja precisa a 100%, poderá descobrir se alguém já detectou algo de errado relativamente ao website que pretende visitar ou ao ficheiro que pretende abrir.