Passar para o Conteúdo Principal
 

RNCA

RNCA

 

 

RNCA – Rede Nacional de Computação Avançada – destina-se a disponibilizar serviços de computação avançada às comunidades de investigação, tecnologia, inovação e indústria.

 

 

ENQUADRAMENTO INSTITUCIONAL

A RNCA foi criada em 2018 pela iniciativa de competências digitais INCoDe.2030, através da resolução de Conselho de Ministros 26/2018.

 

A rede foi posteriormente integrada no Roteiro Nacional das Infraestruturas de Investigação de Interesse Estratégico (RNIE) em abril de 2019 através do Despacho n.º 4157/2019 do Gabinete do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. A RNCA integra também a Rede ibérica de computação avançada – RICA, nos termos do Memorando de Entendimento assinado entre o Governo da República Portuguesa e o Governo do Reino de Espanha a 21 de novembro 2018, tendo por base a criação do MAAC – Minho Advanced Computing Centre.

 

Saiba mais:

Recursos existentes
Relatórios de utilização

RNCA

A QUEM SE DESTINA?

A Computação Avançada destina-se às comunidades de investigação, tecnologia, inovação e indústria. Podem solicitar acesso instituições públicas e privadas.

ACESSO AOS SERVIÇOS

Os interessados deverão candidatar-se aos recursos computacionais da RNCA através dos concursos publicados no site da FCT.

Para questões sobre o acesso ou contratação direta de serviços de computação avançada, contacte rnca@fccn.pt

Consulte o Regulamento de Projetos de Computação Avançada aqui

 

 

RNCA

CONCURSO DE PROJETOS DE COMPUTAÇÃO AVANÇADA

Cerca de 27 milhões de core.horas disponíveis na Rede Nacional de Computação Avançada

 

A FCT, através da sua através da sua Unidade Computação Científica Nacional (FCCN), anuncia a abertura da 1ª edição do Concurso de Projetos de Computação Avançada, cujas candidaturas estão a decorrer até às 12h00 do dia 14 de setembro, para o primeiro lote de candidaturas apresentadas.

 

A RNCA incorpora atualmente 4 centros operacionais com as respetivas plataformas que integram o presente concurso:

  • Bob operado pelo MAAC — Minho Advanced Computing Center;
  • Navigator operado pelo LCA-UC – Laboratório de Computação Avançada da Universidade de Coimbra;
  • Oblivion operado pelo HPC-UE – High Performance Computing da Universidade de Évora;
  • Cirrus-A e Stratus operados pela INCD – Infraestrutura Nacional de Computação Distribuída;

 

Estarão disponíveis duas modalidades de acesso: o A1 – Acesso Preparatório, recomendado a todos os projetos científicos e de inovação sem experiência prévia em HPC ou HTC e/ou sem histórico de utilização nos recursos computacionais da RNCA, com um limite de 50 000 core.horas ou vCPU_core.horas; e o A2 – Acesso Projeto, que se destina à utilização de recursos HPC, HTC ou Cloud Computing, para projetos com dimensão maior que 50.000 core.horas ou vCPU.horas até a um limite máximo de 3.000.000 core.horas ou vCPU.horas.

 

Este concurso está enquadrado na Iniciativa Nacional Competências Digitais e.2030 Portugal INCoDe.2030 e destina-se individualmente ou em copromoção a instituições do ensino superior e aos seus institutos e unidades de I&D (Investigação e Desenvolvimento); a Laboratórios do Estado ou internacionais com sede em Portugal; a Instituições privadas sem fins lucrativos que tenham como objeto principal atividades de I&D; a outras instituições públicas e privadas, sem fins lucrativos, que desenvolvam ou participem em atividades de investigação científica e a empresas de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica.

 

RNCA

 

 

 

 

 

Mais informações na página do Concurso de Projetos de Computação Avançada (CPCA).

RECURSOS

 

A RNCA conta com os seguintes membros e recursos computacionais:

 

MACC – Minho Advanced Computing Center

 

LCA – Laboratório de Computação Avançada da Universidade de Coimbra

 

HPC-UE – High Performance Computing da Universidade de Évora

 

INCD – Infrastrutura Nacional de Computação Avançada

PARCERIAS E LIGAÇÕES EXTERNAS

 

  • BSC – Barcelona Supercomputing center
  • RES  – Red Española de Supercomputación

Em Novembro de 2018 foi estabelecido um memorando de entendimento entre o Governo de República Portuguesa e o Governo do Reino de Espanha para criação da Rede Ibérica de Computação Avançada, na qual estão englobados a RES e o BSC bem como o MACC.

 

  • PRACE – The Partnership for Advanced Computing in Europe

O PRACE promove a colaboração e a utilização da computação de alto desempenho (HPC) a nível europeu. Nos últimos anos tem sido desenvolvida uma relação direta com o LCA-UC e parcerias com o IST e a Universidade de Évora.

 

  • EuroHPC – The European High-Performance Computing Joint Undertaking

Iniciativa comum da Comissão Europeia da qual Portugal é membro.  O EuroHPC participa no co-financiamento de recursos e promove a sua partilha entre os estados membros. 

 

  • TACC – Texas advanced computing center

Em Novembro de 2017 foi estabelecido um memorando de entendimento entre a FCT, Universidade do Minho e a Universidade de Austin (Texas, EUA) para a criação do MACC

 

            

RELATÓRIOS DE UTILIZAÇÃO

 

Estão disponíveis os seguintes relatórios de utilização do Bob:

  • Janeiro de 2020
  • Fevereiro de 2020
  • Março de 2020
  • Abril de 2020
  • Maio de 2020
  • Junho de 2020
  • Julho de 2020
  • Agosto de 2020

 

Devido a limitações técnicas estes relatórios iniciais são apenas dedicados ao Bob, localizado no MACC. Logo que possível serão incluídas mais plataformas nos relatórios de utilização da RNCA.

CONTACTOS RNCA

CONTACTOS

E-mail: rnca@fccn.pt
Telefone: [+351] 21 844 0100

 

SERVIÇO

Rede Nacional de Computação Avançada

Unidade de Computação Científica Nacional

Fundação para a Ciência e Tecnologia

Av. do Brasil n.º 101, 1700-066 Lisboa, Portugal

 

RNCA

 

 

 

Formulário de Contacto RNCA e MACC

Os campos assinalados com * são obrigatórios