Go to main content
 

Estúdio da Unidade FCCN abriu portas à comunidade

Estúdio da Unidade FCCN abriu portas à comunidade

Exposição Arquivo.pt

Decorreu hoje mais uma edição do Open Day Estúdio – um dia dedicado a demonstrar as possibilidades desta estrutura a potenciais utilizadores.

 

Ao longo do dia, o Estúdio da Unidade FCCN recebeu cerca de 40 visitantes que ficaram a conhecer melhor os seus diferentes recursos e equipamentos. “O objetivo passou por demonstrar o Estúdio a potenciais utilizadores”, explica o coordenador desta estrutura, Cláudio Silva, acrescentando que este dia é dirigido também a “utilizadores assíduos que podem conhecer novas potencialidades que ainda não conheciam”.

A edição de 2019 deste evento contou com a demonstração de uma viatura de exteriores, cortesia da Avantools. Um carro de exteriores possibilita fazer captação de imagem, com realização em simultâneo, na cobertura de eventos ou acontecimentos fora de um estúdio fixo.

Realizado desde 2012, este Open Day é dirigido a profissionais da área de produção de conteúdos (como elearning ou comunicação audiovisual) de diferentes instituições de ensino superior. Para Cláudio Silva, esta foi mesmo “a melhor edição do Open Day de sempre”, tendo em conta a procura e o interesse por parte dos visitantes.

 

O valor da preparação

A visita ao Estúdio foi realizada área a área, contando com o auxílio de Inês Casquilho-Martins, da plataforma Online Learning do ISCTE-IUL. O convite foi realizado no sentido de “demonstrar as práticas de utilização do estúdio do ISCTE-IUL”, explica, “nomeadamente no que diz respeito à preparação e planeamento de conteúdos e materiais suportes”.

 

Inês Casquilho-Martins partilhou alguns conselhos específicos como a importância da preparação do teleponto, das imagens a utilizar e até da roupa a vestir. O investimento na vertente de preparação, sublinha, “acaba por compensar, uma vez que “o trabalho flui de forma mais eficaz e o próprio resultado final será melhor”.

 

Quanto às possibilidades oferecidas pelo Estúdio da Unidade FCCN à comunidade educativa e de investigação, Inês Casquilho-Martins considera este “um serviço profissional, prático, rigoroso e útil para a atividade profissional e académica”, tendo em conta o apoio tecnológico e de recursos humanos que representa. “O Estúdio tem tido um impacto muito positivo na formação de estudantes e colaboradores do ISCTE-IUL”, reforça.

 

Para um dos visitantes deste Open Day, Tiago Carvalho, da área de audiovisuais do Departamento de Informática da Reitoria da Universidade de Lisboa, esta foi uma forma de “conhecer novo equipamento e oportunidades que se poderão abrir no futuro”. É já no final da visita que revela ter encontrado “possibilidades interessantes”, nomeadamente relacionadas com equipamentos baseados na tecnologia 4K. “[Aqui] existe a possibilidade de criar cursos virtuais com equipamento mais sofisticado”, concluiu.

 

Veja como foi: